Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A aldeia onde o tempo parou

IMG_8951.jpg

 

A vista sobre Piodão é magnífica, como já mostrei neste post, mas de perto não tem menos encanto.

 

Arrumadas num anfiteatro natural, as casas descem pela escarpa, culminando numa praça, o centro da vida da aldeia, e onde fica a igreja e a maior parte do comércio. Esta disposição tem o efeito curioso de fazer a povoação parecer ainda mais pequena. Nenhuma rua, além da praça, oferece uma visão ampla do conjunto. Ao percorrer as ruas de Piodão, mais parece que se está a percorrer um labirinto. Até porque com apenas 70 habitantes, a agitação nas ruas não é grande.

 

Ruas essas, em que todas as casas são de pedra, apenas salpicadas pelas portas e janelas azuis. O chão, as paredes, os telhados, tudo de pedra. A notável excepção é a igreja, que se destaca de maneira quase cómica no conjunto. É que como se não bastasse ser branca, tem uma arquitectura tão curiosa, que quando mais olho para ela, mais me parece feita de massapão.

 

Embora Piodão se posso percorrer de uma ponta à outra num instante, é fácil perder a noção do tempo. São vários os pormenores e recantos que nos abrandam o passo. Afinal, não é todos os dias que se visita uma aldeia onde o tempo parece ter parado.

 

IMG_8882.jpg

IMG_8897.jpg

IMG_8521.jpg

IMG_8524.jpg

IMG_8621.jpg

IMG_8665.jpg

IMG_8596.jpg

IMG_8643.jpg

IMG_8514.jpg

IMG_8832.jpg

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

 

Foz d'Égua

IMG_8273-Edit.jpg

 

Lembro-me quando há uns anos, não muitos, vi pela primeira vez uma fotografia com uma pequena casa de xisto, ladeada por duas pontes de pedra...... Foi como se uma ilustração de um conto de fadas tivesse ganho vida.

 

"Foz d'Égua - Arganil", dizia a legenda. Mas até duvidei que fosse mesmo em Portugal... Nunca tinha visto, nem ouvido falar... Mas era... E desde aí que fiquei com vontade de por lá passar.

 

Quando há umas semanas decidi ir dar uma volta para fora de Lisboa, foi essa imagem que primeiro me veio à memória... A casa de xisto, ladeada por duas pontes de pedra...

 

A partir de Piodão, onde cheguei ao fim da tarde, o caminho até Foz d'Égua pode ser feito a pé, numa caminhada de cerca de 5 km, ou de carro, por estradas estreitas e sinuosas, mas em bom estado. Escolhi a segunda opção. Não era uma caminhada que quisesse arriscar fazer de noite...

 

Chegando a  Foz d'Égua, existe um pequeno parte de estacionamento, mas apenas lá estava o carro de um casal que aproveitava os últimos raios de Sol, na pequena praia fluvial. A ribeira tinha pouco caudal, e a ponte suspensa estava interdita, o que diminuiu o potencial fotográfico do cenário, mas a verdade é que o sítio parece tão mágico ao vivo como naquelas primeiras fotografias que vi.

 

Espero que agora, com estas fotos, desperte em alguém a vontade de visitar Foz d'Égua.

 

IMG_8304.jpg

IMG_8251.jpg

IMG_8243.jpg

IMG_8290.jpg

IMG_8269.jpg

 

IMG_8274.jpg

IMG_8313.jpg

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

 

 

Quente e frio

IMG_4623 (2).jpg

 

Às vezes acontece. Quando estou a ver fotos antigas, há uma que me salta do ecrã e pede uma segunda oportunidade. 

 

Foi o caso desta. Nunca tinha dado por ela, e ontem vi-a como que pela primeira vez.

 

Tirei-a em Dezembro de 2010, em Toronto. Lembro-me que esta pintura me chamou à atenção, e de esperar que passasse alguém. Os meus amigos, meio impacientes, continuaram a percorrer a rua, e eu fiquei. Vi um borrão de cor, pelo canto do olho. Preparei a máquina. Numa velocidade lenta, para arrastar o movimento.

 

Click!

 

Não sei bem porque não liguei muito à foto, quando revivi a viagem em casa. Mas gosto dela. O contraste entre o tema da pintura, e o frio que se adivinha na realidade que a envolve. O homem que passa desinteressado, provavelmente ansioso por chegar a casa.

 

Resultou bem, o efeito de arrasto. Realça a indiferença do homem a esta leve promessa de dias mais quentes, e a pressa que o frio empresta ao seu passo. E até tive sorte na cor do casaco. O quente e o frio que se complementam. Nas cores e nos motivos.

 

Nunca tinha dado por ela, e ontem vi-a como que pela primeira vez... Acontece.

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

 

Piodão

IMG_8369-Pano-Edit-2.jpg

 

Aproveitei a semana dos feriados para dar uma volta. Escolhi Piodão.

 

Ainda não tive tempo para sequer olhar para a maioria das fotos que tirei, mas para a semana já terei um post mais completo para mostrar. Até lá, deixo aqui este olhar sobre a aldeia de Piodão, só para abrir o apetite... 

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

As 25 fotos da Argentina que mais me marcaram

Vinte e cinco posts depois, terminou o relato da minha viagem à Argentina.

 

Foram quatro dias em Buenos Aires e onze na Patagónia. Muitos quilómetros de caminhadas, viagens de avião, barco, autocarro, canoa e bicicleta. Ao longo destes meses, andámos sobre o glaciar Perito Moreno, visitámos montanhas e florestas. Estivemos lado a lado com baleias, leões marinhos e pinguins.

 

Tirei quase 2000 fotos, com a minha antiga Canon 450D, o meu telemóvel ou a GoPro.

 

Não foi fácil escolher as que foram ilustrando estes posts. Mas algumas destacam-se, para mim, como as minhas preferidas. Nem sempre serão as melhores, às vezes são só aquelas que mais me lembram a sensação de lá ter estado. Por isso, em jeito de resumo desta aventura, deixo aqui as vinte e cinco fotos que mais me marcaram, uma de cada post.

 

Espero que tenham gostado!

 

IMG_2096.jpg

Buenos Aires - A cidade

 

IMG_4555.jpg

Buenos Aires - Ao ritmo do Tango

 

IMG_4495.jpg

Buenos Aires - Arte urbana

 

IMG_1992.jpg

Buenos Aires - Cultura

 

IMG_2172 (1).jpg

Buenos Aires - O Caminito

 

IMG_2202-Edit (1).jpg

Buenos Aires - La Bombonera

 

IMG_2243 (1).jpg

Buenos Aires - O jardim japonês

 

IMG_2584 (1).jpg

 El Calafate - A cidade e a casa

 

IMG_2345 (1).jpg

El Calafate  - O bar de gelo e o passeio de bicicleta

 

IMG_5044 (2).jpg

Glaciar Perito Moreno - Começa a aventura

 

IMG_4986 (1).jpg

Glaciar Perito Moreno - A caminhada no glaciar

 

IMG_5098 (1).jpg

Glaciar Perito Moreno - O miradouro

 

IMG_5141 (1).jpg

El Chaltén

 

IMG_2632 (1).jpg

El Chaltén - O passeio até ao Chorillo del Salto

 

gopr4813 (1).jpg

El Chaltén - Os miradouros

 

g0144951 (1).jpg

Fitz Roy - Um início tranquilo

 

IMG_5316 (2).jpg

Fitz Roy - As marteladas nos pés

 

IMG_3322-Edit (2).jpg

Punta Tombo - Os pinguins

 

IMG_3264.jpg

Punta Tombo - Guanacos

 

IMG_3235 (1).jpg

Puerto Madryn - As baleias

 

IMG_2887 (1).jpg

Ushuaia - Parque Nacional da Terra do Fogo

 

IMG_2929 (2).jpg

Ushuaia - A cidade

 

IMG_2937 (2).jpg

Ushuaia - O Canal Beagle

 

IMG_3066.jpg

Ushuaia - Os leões marinhos

 

IMG_5569 (1).jpg

Ushuaia - Um passeio pela ilha

 

 

 Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

Fitz Roy

Duas fotografias do Fitz Roy, tiradas na caminhada de volta a El Chaltén.

 

Não tinham entrado no respectivo post, porque esse já ia longo. Aparecem agora fora de ordem, enquanto não tenho tempo para escrever o texto sobre a próxima etapa da aventura - a visita às baleias.

 

IMG_5348.jpg

IMG_5358.jpg

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.