Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um post com Graça!

top.jpg

 

Sou uma desgraça em trabalhos manuais. Desenho, pintura, colagens, tudo. Ainda hoje estou desconfiado que os meus professores de Educação Visual só me passavam por pena. Até a pendurar quadros. Miserável. Dêem-me dez pregos para pôr na parede. Vão ficar os dez a alturas diferentes. 

 

A minha mãe não é assim. Está sempre a criar alguma coisa. Sejam bonecos em feltro, ou mantas em crochet, tricot. Mais recentemente até pinta pequenos móveis, para dar um ar mais alegre à casa.

 

Há uns meses achei que era giro que ela partilhasse os seus trabalhos num blog. Depois de alguma relutância, lá a convenci. E nasceu o Um ar de sua Graça. O nome só podia ser este. Escolhido pela graça com que a minha mãe escreve os seus textos, pela graciosidade com que a suas mãos criam estas pequenas maravilhas e... porque a minha mãe é Graça de nome.

 

Admito que sinto o peso da responsabilidade. Se as fotos não ficarem boas, não faço justiça ao seu trabalho. Então, quando vou a casa dos meus pais, vou com um sentido de missão. Tenho de inventar composições, escolher os fundos certos, encontrar a melhor luz. Ao mesmo tempo divirto-me imenso, claro.

 

Algumas das pessoas que por aqui passam, até já conhecem o blog. Não sabiam é que o "fotógrafo" era eu! Para aquelas que ainda não conhecem, que tal passarem por lá? Todos os post valem a pena, mas sugiro o primeiro? Uma história deliciosa do que a minha mãe fez com um tesouro da sua infância.

 

IMG_9048.jpg

IMG_7950-Edit.jpg

IMG_0171.jpg

IMG_0146.jpg

IMG_0116.jpg

IMG_7699.jpg

(Sim, este boneco sou eu... E este quadro está na minha cozinha! ).

 

Hoje já lá está um post novo! Podem vê-lo aqui.

E já agora, porque não darem também uma vista de olhos ao instagram

 

Fotografar O Asiático

IMG_8139.jpg

 

Há uns meses fui jantar ao restaurante O Asiático, gostei muito da comida, mas não só. A decoração é um dos pontos altos deste espaço. Afinal, os olhos também comem. 

 

O Asiático foi inspirado pelas viagens que o chef Kiko Martins fez pela Ásia, em particular pelo Japão e Nepal. Essa influência não é sentida apenas na excelência da cozinha, mas também na decoração do espaço. As referências asiáticas fazem-se sentir de maneira sóbria e elegante, em pequenos pormenores, um pouco por todo o espaço.

 

Gostei tanto, que decidi perguntar se podia passar por lá para o fotografar. Enviei um email à direcção comercial, que com grande simpatia, acedeu prontamente ao meu pedido.

 

E então, há duas semanas, no horário em que o restaurante fecha, entre o almoço e o jantar, lá fui eu. Máquina e tripé em punho, para o Príncipe Real.

 

A sessão em si teve alguns contratempos... Perdi demasiado tempo a perceber os melhores ângulos para fotografar, ou a tentar captar algumas dessas perspectivas exactamente como queria. O facto de o restaurante ser muito luminoso, embora excelente para quem desfruta do espaço, não ajuda quando o objectivo é tirar fotos, já que os contrastes provocados pelo Sol que entrava de rompante pela enorme zona envidraçada, dificultavam bastante o trabalho. E não pude fotografar o pequeno jardim interior, que esteve sempre ocupado pelos funcionários, que descansavam, comiam qualquer coisa, ou se reuniam a planear o jantar que se aproximava.

 

Nada que tenha impedido que me tenha divertido imenso a fotografar. Ou a ver a azáfama dos bastidores de um restaurante de renome. Só por essa experiência já valeu a pena.

 

Sem mais demoras, vamos ao prato principal deste post... as fotos.

 

IMG_7997.jpg

IMG_8034.jpg

IMG_8039.jpg

IMG_8058-Edit.jpg

IMG_8069.jpg

IMG_8086.jpg

IMG_8112-Edit-2.jpg

IMG_8121.jpg

IMG_8098 (2).jpg

IMG_8142.jpg

IMG_8151.jpg

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

Missão Airbnb . Um novo desafio

IMG_5923.jpg

 

Fotografar, para mim, é um passatempo. Algo de que gosto imenso, que me descontrai e desafia, mas que só faço nos tempos livres. 

 

Mas às vezes, alguns amigos meus precisam dos serviços de um fotógrafo, e eu tenho todo o prazer a ajudar. Já fotografei um casal que precisava de fotografias para os convites de casamento, e costumo acompanhar a festa de anos da filha de uns amigos de longa data, por exemplo.

 

Há uns quatro ou cinco anos, fotografei duas ou três casas para um amigo que, na altura, tinha uma empresa de construção. Mas nunca fiquei satisfeito com essas fotos. Em parte porque não tinha o material mais adequado. Mas também porque me faltava a experiência.

 

Foi por isso que fiquei entusiasmado com o convite de um amigo, que recentemente recuperou uma casa para alugar no Airbnb. Agora que tenho uma objectiva mais apropriada, e mais (alguma) experiência em fotografia de arquitectura, tinha curiosidade em ver como me saía neste novo desafio.

 

Tive essencialmente dois cuidados, que neste género de trabalhos são fundamentais.

 

As linhas verticais têm de ser fotografas direitas (mesmo na vertical portanto), para a lente não causar distorção na perspectiva. Consegui cumprir isto em quase todas as fotos. Acho que só na primeira a máquina ficou ligeiramente apontada para baixo, e nota-se uma distorção ligeira.

 

A outra regra fundamental, é que as divisões têm de ser captadas com luz. Muita luz. Afinal, ninguém quer alugar uma casa escura.

 

E agora, vendo o resultado final, fiquei muito satisfeito. E o meu "cliente" também, que é o mais importante.

 

IMG_5922.jpg

IMG_5924.jpg

IMG_5927.jpg

IMG_5964.jpg

IMG_5932.jpg

IMG_5933.jpg

IMG_5937.jpg

IMG_5974.jpg

IMG_5941.jpg

IMG_5942-HDR.jpg

IMG_5976.jpg

IMG_5978.jpg

IMG_5929.jpg

IMG_5930.jpg

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.