Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Freitas Farinha - Fotografia

João Freitas Farinha - Fotografia

De Volta ao Cabo Raso

IMG_5165.jpg

 

Há umas semanas, tinha planeado, com um amigo meu, ir tirar umas fotos ao Cabo Espichel e a Sesimbra. Quando acordei de manhã, estava um dilúvio a abater-se contra a minha janela, e vi logo que não ia acontecer. Acabámos por ir à mesma almoçar. Talvez o tempo à tarde melhorasse, e desse para ir a algum lado. E assim de repente, as núvens dissiparam-se e ficou um belo dia de Sol.

 

Lembrei-me então de irmos até ao Farol do Cabo Raso - o meu amigo ainda não conhecia a zona - e assim ele também podia treinar as longas exposições (e bem precisa, coitado  ).

 

Ainda passámos pelo Guincho, que o rapaz não podia ficar sem conhecer uma das praias mais bonitas da região de Lisboa, e lá chegámos finalmente ao farol. Fomos tirando algumas fotos, à paisagem e aos pescadores que por lá andavam, enquanto esperávamos que o Sol se pusesse.

 

E ao fim do dia, com o Sol já abaixo do horizonte, lá tentámos as nossas longas exposições (ver explicação algo aborrecida, aqui). A maior parte não ficou como queria, mas consegui tirar uma com que fiquei satisfeito (a primeira deste post).

 

A partida que o tempo nos pregou, até acabou por compensar. Foi uma tarde divertida. Mas fica a promessa de que este é o ano em que vou fotografar ao Cabo Espichel! 

 

IMG_5114.jpg

IMG_5123.jpg

IMG_5135.jpg

IMG_5140.jpg

IMG_5142.jpg

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

Cabo Raso - Uma Espécie de Making Of

 

 

O Sol punha-se às 17:25 no Domingo. Sensivelmente um minuto antes que no dia anterior. À volta de um minuto depois do que se iria pôr no dia seguinte. Saí de casa atrasado. Tinha ido correr e demorei mais do que tinha antecipado. 

 

Fiz a A5 ao ritmo a que o Sol descia no horizonte. Passei pelo Guincho, e invejei os surfistas - o tempo deles era o das ondas. Estacionei perto do Cabo Raso, eram 17:15. Não foi o ideal, o Sol já preparava o seu mergulho, e eu ainda tinha de encontrar o sítio para fotografar. E afinal o sítio era óbvio. Tinha de ser "ali", onde as rochas criam uma pequena enseada, à frente do Farol. Tão óbvio, aliás, que já alguém tinha tido a mesma ideia. Outro fotógrafo, que tinha medido melhor o seu tempo.

 

Um pobre pescador, insatisfeito pela súbita competição pelo pouco espaço disponível, fez cara de poucos amigos. Retirou-se, resignado. Mudou-se para as rochas mesmo em frente. No sítio ideal, no tempo perfeito. O figurante que precisava para a minha história.

 

E o resultado de tudo isto? Já puderam ver no meu último post, em que publiquei algumas das minhas fotos preferidas desse dia.

 

 

0 (5).gif

 

0 (6).gif

Cabo Raso

Cabo Raso

Cabo Raso

Cabo Raso

 

O Farol do Cabo Raso

IMG_5093 (1).jpg

 

Este Domingo decidi ir até ao farol do Cabo Raso. E desta vez, para variar, fui ao fim do dia. Gostaria de dizer que fiquei curado da minha tendência para madrugar aos fins de semana. Mas não. Foi simplesmente porque, sendo o farol virado para Oeste, é ao pôr do Sol que a luz o ilumina de frente.

 

Esperei que o Sol descesse no horizonte, para fazer umas longas exposições*, e conseguir este efeito de arrastamento na água. Não é uma técnica que domine bem, e por isso tenho de tentar aplicá-la mais vezes. Levei com um ou dois borrifos de onda em cima, mas valeu a pena. Ainda por cima, e como até tem sido hábito, tive a sorte de ter a colaboração de um pescador para compôr a cena.

 

* Existem certos e determinados leitores deste blog (), curiosos por saber o que é uma longa exposição. No entanto, como consta que eu não tenho a capacidade de explicar esse conceito, sem fazer as pessoas adormecer ( ), aqui fica este tutorial da Canon! (Que apesar de ser, certamente, escrito por profissionais altamente qualificados, deverá ter aproximadamente o mesmo efeito...) 

 

IMG_5071.jpg

IMG_5052-Edit.jpg

IMG_5095.jpg

IMG_5101-Edit.jpg

 

P.S. Agora podem subscrever os meus posts, e recebê-los por email, usando a caixa de subscrição no fundo da página.

Amanhecer em Cascais

IMG_4173.jpg

 

Quando decidi ir a Cascais, há umas semanas atrás, fiz uma pesquisa rápida, para ver sítios engraçados para fotografar. Já sabia que a Casa das Histórias Paula Rego seria um deles, mas o resto estava em aberto.

 

Provavelmente, qualquer pessoa que conheça Cascais será capaz de adivinhar o sítio que escolhi. Já eu, na minha recém revelada ignorância, tenho de admitir, com alguma vergonha, que não conhecia o Farol de Santa Marta, ou a Casa de Santa Maria, mesmo junto ao centro da vila.

 

Apostado em corrigir essa lacuna, ou talvez como uma espécie de penitência, acordei de madrugada para apanhar a primeira luz da manhã. Afinal se me ia redimir, tinha de fazer a coisa como um verdadeiro fotógrafo de paisagem. E mais uma vez a maré baixa ajudou, pelo que pude fotografar a partir da praia de Santa Marta (quando consegui descobrir o caminho para lá chegar ).

 

IMG_4183.jpg

IMG_4210.jpg

IMG_4232.jpg

IMG_4255.jpg

IMG_4258.jpg


O Farol de Santa Marta e a Casa de Santa Maria, estão abertos ao público, com espaços museológicos que podem ser visitados todos os dias (excepto à segunda-feira).

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.