Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Buenos Aires - Jardim Japonês

IMG_2235.jpg

 

Este post, de uma série dedicada à minha viagem à Argentina, em Outubro de 2015, é o último sobre Buenos Aires. Mas esta viagem levar-nos-á ainda ao glaciar Perito Moreno, a El Chaltén, meca do montanhismo, a Ushuaia, a cidade mais a sul do mundo, e numa visita às baleias e pinguins, em Punta Tombo. O vídeo que fiz desta aventura, e que mostra tudo isto, pode ser visto aqui.

 

O Jardim Japonês

 

Buenos Aires tem muitos jardins e parques públicos que permitem escapar, por alguns momentos, à confusão típica de uma grande cidade. A maior parte dos espaços verdes ficam no bairro de Palermo, o mais nobre da cidade, e o Jardim Japonês não é excepção.

 

Criado e mantido pela comunidade japonesa que vive na cidade, e por isso com entrada paga, é um dos locais mais aprazíveis de Buenos Aires. Aqui passeia-se pelo meio de lagos com peixes Koi,  pequenos templos e uma paisagem hamoniosa e verdejante. É possível beber chá, em pequenos salões típicos, ou até fazer massagens. Sem dúvida um dos locais mais relaxantes desta visita, foi perfeito para recarregar baterias, e para nos preparar para as grandes caminhadas que nos esperavam nos dias seguintes.

 

IMG_2230.jpg

IMG_2236.jpg

IMG_2238.jpg

IMG_2243.jpg

IMG_2263.jpg

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

Buenos Aires - Cultura

Buenos Aires - Caminito

Buenos Aires - La Bombonera

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

Buenos Aires - La Bombonera

IMG_2202-Edit.jpg

 

Este post é o sexto de uma série dedicada à minha viagem à Argentina, em Outubro de 2015. Tal como os anteriores, este será dedicado a Buenos Aires, mas a viagem levar-nos-á ao glaciar Perito Moreno, a El Chaltén, meca do montanhismo, a Ushuaia, a cidade mais a sul do mundo, e numa visita às baleias e pinguins, em Punta Tombo. O vídeo que fiz desta aventura, e que mostra tudo isto, pode ser visto aqui.

 

La Bombonera

 

Também no bairro de La Boca, duas ou três ruas ao lado do Caminito, fica a Bombonera, estádio do Boca Juniors, o maior e mais emblemático clube da Argentina.

 

Notam-se as origens humildes do clube na zona circundante ao estádio, já que aqui as casas não estão tão bem preservadas como no Caminito. Afinal, este foi um clube fundado por emigrantes, no coração de um bairro operário.

 

Mas no seu interior, a Bombonera é já um estádio moderno, e a maior prova disso é o museu do clube, que permite ter uma ideia da rica história deste clube, que a par do A.C. Milan, é o que mais troféus internacionais conquistou. Não pudémos também deixar de fazer a visita guiada, que além de nos levar até ao relvado, até passa pelo lugar cativo de Diego Maradona (que tem um pequeno cofre debaixo da cadeira).

 

Curiosamente o guia nos acompanhou na visita, e que perguntou a todos os visitantes de onde eram e qual o seu clube, ignorou os turistas portugueses. E mais tarde, quando falava dos melhores jogadores do mundo, e de como Messi era o Rei supremo, nem mencionou o nome de Cristiano Ronaldo. Coincidência ou dor de cotovelo?

 

Mais engraçado é que era Ronaldo, e não Messi, que aparecia pela cidade em vários cartazes publicitários a uma marca de suplementos alimentares. 

 

GOPR2068.jpg

IMG_2186.jpg

IMG_2189.jpg

IMG_2193.jpg

IMG_2196.jpg

IMG_2207.jpg

IMG_2214.jpg

IMG_4770.jpg

IMG_4756.jpg

 

IMG_4476.jpg

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

Buenos Aires - Cultura

Buenos Aires - Caminito

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

Buenos Aires - Caminito

IMG_2153.jpg

 

Este post é o quinto de uma série dedicada à minha viagem à Argentina, em Outubro de 2015. Tal como os anteriores, este será dedicado a Buenos Aires, mas a viagem levar-nos-á ao glaciar Perito Moreno, a El Chaltén, meca do montanhismo, a Ushuaia, a cidade mais a sul do mundo, e numa visita às baleias e pinguins, em Punta Tombo. O vídeo que fiz desta aventura, e que mostra tudo isto, pode ser visto aqui.

 

O Caminito

 

Caminito foi o nome dado a esta rua, do emblemático bairro de La Boca, pelo famoso Tango dos anos 20 com o mesmo nome. Rua típica daquela zona da cidade, em que, nessa época, moravam muitos trabalhadores portuários italianos e espanhóis, foi declarada rua-museu em 1959. É das poucas ruas do bairro em que todas as casas estão preservadas, já que o Estado subsidia a sua conservação.

 

Nesta rua cabem todas as cores, e várias obras de arte, doadas por artistas argentinos, completam este cenário singular. É também palco de espectáculos de Tango ou de rua, e uma espécie de mercado, sobretudo de recordações para turistas.

 

Os símbolos da Argentina não deixam de marcar presença. Nem o Papa Francisco escapa, e dá o ar de sua graça, com vários bonecos decorativos. Mas não só. Esta é uma rua tão argentina, que até os cães vestem a camisola de Diego Maradona...

 

IMG_2112.jpg

 

IMG_2103.jpg

 

IMG_2097.jpg

 

IMG_2113.jpg

 

IMG_2117.jpg

 

IMG_2121.jpg

 

IMG_2125.jpg

 

IMG_2127.jpg

 

IMG_2166.jpg

 

IMG_2171.jpg

 

IMG_2172.jpg

 

 

IMG_2147.jpg

 

IMG_2164.jpg

 

IMG_4803.jpg

 

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

Buenos Aires - Cultura

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

Buenos Aires - Cultura

IMG_1689 (1).jpg

 

Este post é o quarto de uma série dedicada à minha viagem à Argentina, no ano passado. Tal como os próximos, este será dedicado a Buenos Aires, mas a viagem levar-nos-á ao glaciar Perito Moreno, a El Chaltén, meca do montanhismo, a Ushuaia, a cidade mais a sul do mundo, e numa visita às baleias e pinguins, em Punta Tombo. O vídeo que fiz desta aventura, e que mostra tudo isto, pode ser visto aqui.

 

Centro Cultural Néstor Kirchner

 

Buenos Aires é também uma cidade com uma grande oferta cultural. Dos poucos museus que tive oportunidade de visitar, tenho de destacar o Centro Cultural Néstor Kirchener, um edifício enorme, na dimensão e naquilo que tem para mostrar, onde antes ficava a sede dos Correios de Buenos Aires. É um espaço onde as arquitecturas dos séculos XIX e XXI se complementam, com grande efeito, e onde se podem visitar exposições de pintura, fotografia ou escultura, ou assistir a espectáculos.

 

IMG_1974 (1).jpg

IMG_1992 (2).jpg

IMG_1997 (1).jpg

IMG_2046 (1).jpg

IMG_2010 (2).jpg

IMG_2017 (1).jpg

IMG_2018 (1).jpg

IMG_2053 (1).jpg

 

 Museu do Bicentenário

 

Museu do Bicentenário (recentemente renomeado Museu da Casa Rosada), resume a história de apenas 200 anos da Argentina. É um espaço relativamente pequeno, mas oferece uma excelente perspectiva sobre a Argentina, desde a sua formação, passando pelos tempos do Peronismo, até aos dias de hoje.

 

IMG_1938.jpg

IMG_1960.jpg

IMG_1964.jpg

IMG_1965.jpg

 

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

Buenos Aires - Arte Urbana

 IMG_4384 (2).jpg

 

Este post é o terceiro de uma série dedicada à minha viagem à Argentina, no ano passado. Tal como os próximos, este será dedicado a Buenos Aires, mas a viagem levar-nos-á ao glaciar Perito Moreno, a El Chaltén, meca do montanhismo, a Ushuaia, a cidade mais a sul do mundo, e numa visita às baleias e pinguins, em Punta Tombo. O vídeo que fiz desta aventura, e que mostra tudo isto, pode ser visto aqui.

 

Buenos Aires, uma galeria de arte

 

Buenos Aires, sendo uma cidade cuja arquitectura tem uma grande influência europeia, é também marcadamente sul americana. Isso nota-se sobretudo nos muitos apontamentos de cor que salpicam as ruas, mesmo que a maior parte dos edifícios sejam de construção mais clássica.

 

Uma expressão flagrante desta explosão criativa e artística, é a quantidade, e a qualidade, da arte urbana que decora muitas das ruas. Estas fotos mostram apenas alguns exemplos da cidade, que entre muitas outras coisas, é também uma galeria de arte a céu aberto.

 

IMG_4385.jpg

IMG_4473.jpg

IMG_4479.jpg

IMG_4487.jpg

IMG_4491.jpg

 

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

IMG_1803 (1).jpg

 

Este post é o segundo de uma série dedicada à minha viagem à Argentina, no ano passado. Tal como os próximos, este será dedicado a Buenos Aires, mas a viagem levar-nos-á ao glaciar Perito Moreno, a El Chaltén, meca do montanhismo, a Ushuaia, a cidade mais a sul do mundo, e numa visita às baleias e pinguins, em Punta Tombo. O vídeo que fiz desta aventura, e que mostra tudo isto, pode ser visto aqui.

 

Buenos Aires, ao ritmo do Tango

 

Na primeira noite em Buenos Aires, fomos a um Boliche, uma espécie de bar, em que tocam música ao vivo. Disseram-nos que lá poderíamos ver Tango, e na nossa ignorância assumimos que seria a famosa dança argentina. Mas não. Afinal o Tango é também um estilo musical. Amadores e entusiastas enchem estes bares, só para ouvir ou também para cantar. Não era o que estava à espera, mas foi uma experiência muito engraçada.

 

À saída, e ao perceber que falávamos português, um homem que fumava cá fora chamou-nos. Era um grande admirador de Fado, e pelos vistos o maior fã de Mísia à face da terra... O pobre homem bem que insistiu que eu partilhasse todos os detalhes que sabia sobre a fadista. Infelizmente não sei nenhuns, ainda mais quando ele já me parecia ser uma grande autoridade na matéria. Facto que o deixou muito desconfiado. Acho que ele não conseguiu conceber que um português soubesse tão pouco do assunto, e assumiu que era má vontade da nossa parte. Depois de muita insistência, lá nos deixou ir embora, meio consternado.

 

IMG_4397 (2).jpg

 

No dia seguinte, fomos ao bairro de San Telmo, um dos mais vibrantes da cidade. Lá, disseram-nos, encontraríamos uma praça com esplanadas, onde poderíamos almoçar, enquanto se dançava o Tango. 

 

Depois de uma volta pelo bairro, com muita vida, cheio de antiquários, cafés e pequenas pensões, chegámos à prometida Plaza Dorrego. Já eram horas de almoço, e enquanto os dançarinos se preparavam, pedimos uma espectacular parrillada ("parixada", como se diz em "argentino"). Tudo coisas saudáveis, como se pode ver.

 

IMG_4557.jpg

 

E de repente, começa a música. E como fotos não são suficientes para apreciar a sensualidade desta dança, ficam também com um vídeo dessa tarde. Silêncio, senhores, que se vai dançar o Tango!

 

IMG_1796.jpg

IMG_1807.jpg

IMG_4555.jpg

IMG_1902.jpg

IMG_1908.jpg

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.