Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Freitas Farinha - Fotografia

João Freitas Farinha - Fotografia

Ushuaia - Leões Marinhos

IMG_3001.jpg

 

Uma das grandes atracções do passeio de barco pelo Canal Beagle, é a visita às colónias de leões marinhos que habitam nesta região.

 

Quando falei neste post, de há alguns dias, da dificuldade em fotografar animais, não me estava a referir a estes simpáticos mamíferos. Claramente. Isto porque a vida de um leão marinho é - ou pelo menos aparenta ser, pela observação que fiz in loco - estar deitado ao Sol todo o dia. Ou seja, mais fácil que tirar fotos a leões marinhos... só mesmo se for a uma preguiça!

 

gopr5273.jpg

IMG_3066.jpg

IMG_3027.jpg

IMG_3024-2.jpg

IMG_3004.jpg

IMG_3003.jpg

IMG_3002.jpg

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

Buenos Aires - Cultura

Buenos Aires - Caminito

Buenos Aires - La Bombonera

Buenos Aires - Jardim Japonês

 

El Calafate - A Cidade

El Calafate - Bicicletas e o Bar de Gelo

 

Glaciar Perito Moreno - Começa a Aventura

Glaciar Perito Moreno - A Caminhada no Glaciar

Glaciar Perito Moreno - O Miradouro

 

El Chaltén - A Cidade

El Chaltén - A Cascata Chorrillo del Salto

El Chaltén - Os Miradouros e a Ex-Objectiva

El Chaltén - Fitz Roy, Um Início Tranquilo

 

Punta Tombo - Passear com os Pinguins

Punta Tombo - Guanacos

 

Puerto Madryn - As Baleias

 

Ushuaia - Parque Nacional da Terra do Fogo

Ushuaia - A Cidade no Fim do Mundo

Ushuaia - O Canal Beagle

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

O Pássaro - E Outras Fotos a Animais

Não costumo fotografar animais muitas vezes. Mas quando a oportunidade surge, dão sempre fotografias engraçadas.

 

Podem ser experiências com a minha gata, uma "sessão fotográfica" com um cão ou um esquilo que querem ser modelos, ou uma visita ao Jardim Zoológico. A verdade é que é sempre um desafio. Os animais não tendem a colaborar com os fotógrafos, mas isso é que torna mais compensador quando se consegue a fotografia que se ambicionava.

 

Desta viagem à Argentina, já aqui mostrei as visitas aos pinguins e às baleias, e o meu encontro fortuito com uma pequena manada de guanacos. E faltam os leões marinhos, que vou mostrar no próximo post.

 

Mas a minha foto preferida a um animal, das que tirei nesta viagem, foi a este pássaro. Era muito tímido, e precisei de algumas tentativas, muita paciência e um bocadinho de sorte. Depois de algumas corridas e vários voos de desespero (da parte do pássaro, mas quase podia ter sido eu, que tive de saltar um pequeno muro para o conseguir, finalmente fotografar ).

 

Digam lá que não é fotogénico?

 

IMG_3262.jpg

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

 

Ushuaia - O Parque Nacional da Terra do Fogo

gopr5067.jpg

 

Entramos na última etapa da viagem à Patagónia, ao chegar à cidade mais a sul do mundo, Ushuaia.

 

A cidade nasceu como colónia prisional, e da necessidade de se fundar uma povoação nesta região remota, devido às disputas de fronteira com o Chile. Foi crescendo ao sabor dos fluxos de trabalhadores, que vinham em busca de trabalho nas industrias que se iam fixando na região. Como tal, e um pouco como é característica de muitas cidades da Patagónia, é muito desordenada, e completamente desinteressante arquitectonicamente. O que vale é que a paisagem que a rodeia não é nada desagradável à vista, e é por aí que iremos começar hoje.

 

O Parque Nacional da Terra do Fogo

 

Se esta tivesse sido a primeira paragem desta viagem à Argentina, provavelmente teria ficado bem mais impressionado. Mas depois de visitar o glaciar perito Moreno, e as paisagens assombrosas de El Chaltén... a fasquia estava demasiado alta. Mesmo assim, e ficando a perder na comparação, a paisagem mais austera da terra do fogo tem também os seus encantos.

 

gopr5078.jpg

IMG_5487.jpg

IMG_5507.jpg

IMG_2856.jpg

IMG_2852 (1).jpg

 

O Passeio de Canoa

 

Nunca tinha andado de canoa. Foi mais difícil, e bem mais divertido, do que esperava. Em algumas zonas, o rio era tão baixo que tínhamos de sair e empurrar o barco. Houve algumas quedas dignas de figurar nos programas de apanhados. Ou por vezes a corrente fazia-nos remar completamente descoordenados, ao ponto de andarmos a fazer piões no meio do rio. Mais uma experiência única, para juntar às outras desta viagem.

 

gopr5117.jpg

gopr5124.jpg

IMG_5517.jpg

g0025139.jpg

 

Os Cavalos Selvagens

 

Já no final da visita, enquanto nos juntávamos para voltar ao autocarro, vi ao fundo uma manada de cavalos selvagens, que emergiu da vegetação, para vir pastar na planície. Corri que nem um maluco, sempre a olhar para trás, a ver senão partiam sem mim! Tirei duas ou três fotos... e corri de volta. Já estavam todos no autocarro, à minha espera! 

 

IMG_2883.jpg

IMG_2887.jpg

IMG_2889.jpg

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

Buenos Aires - Cultura

Buenos Aires - Caminito

Buenos Aires - La Bombonera

Buenos Aires - Jardim Japonês

 

El Calafate - A Cidade

El Calafate - Bicicletas e o Bar de Gelo

 

Glaciar Perito Moreno - Começa a Aventura

Glaciar Perito Moreno - A Caminhada no Glaciar

Glaciar Perito Moreno - O Miradouro

 

El Chaltén - A Cidade

El Chaltén - A Cascata Chorrillo del Salto

El Chaltén - Os Miradouros e a Ex-Objectiva

El Chaltén - Fitz Roy, Um Início Tranquilo

 

Punta Tombo - Passear com os Pinguins

Punta Tombo - Guanacos

 

Puerto Madryn - As Baleias

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

As Baleias de Purto Madryn

IMG_3235.jpg

 

Continua a série dedicada à minha viagem à Argentina, em Outubro de 2015. Depois de Buenos Aires, El Calafate, o glaciar Perito Moreno, El Chaltén, e Punta Tombo, hoje vamos viajar até Puerto Maryn, para ver as baleias.

 

E para lá chegar, foram mais umas horas de carro. Felizmente, mesmo assim, chegámos cedo. Já só havia vagas num barco para as visitas do meio dia. Mesmo à conta. Uns minutos mais tarde, e íamos ter de esperar pelas 16h.

 

Quando marquei a viagem, aquilo para que estava mais entusiasmado, era mesmo esta visita. E foi essa a principal razão para ter comprado a GoPro. Queria colocar a GoPro dentro de água, e apanhar uma baleia de perto. Ou filmar uma a saltar junto ao barco. Nada disso aconteceu. Nestas observações a animais é preciso sorte, e neste dia, ela não quis nada comigo.

 

Começou logo mal quando, após a minha primeira tentativa, um dos guias a bordo do barco, informou que tal prática é proibida por lei...  Aparentemente perturba as baleias...  Claro... porque ter vários barcos, todos os dias, a persegui-las, não as incomoda... Colocar uma câmara minúscula junto ao casco é que as vai perturbar imenso...

  

Apesar de não ter tido muita sorte, foi uma experiência que valeu bem a pena. Ainda vimos uma baleia bebé a bater as barbatanas na água, a chamar a mãe, e a nova atracção de Puerto Madryn, a baleia bebé albina.

 

Após a viagem de barco, fomos até um miradouro, que permite ver toda a baía. Aí sim, consegui tirar uma foto de uma baleia a saltar junto a um dos barcos. É impressionante até de longe. Lá mesmo ao lado... deve ser incrível. A foto ficou muito má, dada a distância, mas é engraçada, porque permite perceber o tamanho destes animais. E estamos a falar da baleia Franco-Autral, que não é, nem de perto, a maior espécie.

 

Como neste dia me dediquei mais aos vídeos,acabei por tirar muito poucas fotos. No final do vídeo que faz o resumo de toda esta viagem, podem-se observar algumas cenas desta aventura, incluindo, mesmo perto do fim, uma baleia a iniciar o seu mergulho, com a cauda de fora de água.

 

 

 

 

g0035346.jpg

IMG_3122.jpg

IMG_3139.jpg

IMG_3159.jpg

IMG_3173.jpg

IMG_3183.jpg

IMG_3192.jpg

IMG_3195.jpg

IMG_3200.jpg

IMG_5652.jpg

IMG_3228.jpg

IMG_3242.jpg

IMG_3247.jpg

 

Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

Buenos Aires - Cultura

Buenos Aires - Caminito

Buenos Aires - La Bombonera

Buenos Aires - Jardim Japonês

 

El Calafate - A Cidade

El Calafate - Bicicletas e o Bar de Gelo

 

Glaciar Perito Moreno - Começa a Aventura

Glaciar Perito Moreno - A Caminhada no Glaciar

Glaciar Perito Moreno - O Miradouro

 

El Chaltén - A Cidade

El Chaltén - A Cascata Chorrillo del Salto

El Chaltén - Os Miradouros e a Ex-Objectiva

El Chaltén - Fitz Roy, Um Início Tranquilo

 

Punta Tombo - Passear com os Pinguins

Punta Tombo - Guanacos

 

 

 Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

Guanacos

No caminho para Punta Tombo, feito de carro, reparámos em alguns pares de olhos, que espreitavam curiosos sobre os arbustos. Era um pequeno grupo de Guanacos, animais tímidos, e como tal, difíceis de observar.

 

Saí do carro, devagar, tirei a máquina da mochila, e comecei a fotografar. Só duas ou três fotos. Assim que me aproximei um pouco mais, a timidez venceu, e os Guanacos fugiram, em debandada.

 

IMG_3264.jpg

IMG_3265.jpg

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

Punta Tombo - Passear com os Pinguins

g0055433.jpg

 

Continua a série dedicada à minha viagem à Argentina, em Outubro de 2015. Depois de Buenos Aires, El Calafate, o glaciar Perito Moreno e El Chaltén, hoje vamos visitar a maior colónia de pinguins da América do Sul. O vídeo que fiz de toda esta aventura, pode ser visto aqui.

 

Depois de uma viagem de carro de cerca de duas horas, a partir da cidade de Trelew, chegámos à península de Punta Tombo. Nesta reserva natural não existem vedações, para que os pinguins possam circular livremente - afinal isto não é um zoo, é o seu habitat natural. E se as pessoas devem ter o bom senso de não entrar nas áreas proibidas, apenas delimitadas por cordas à altura da cintura. O mesmo não se pode dizer dos pinguins mais destemidos, que chegam a circular no meio dos turistas, para atalhar caminho .

 

Centro de Interpretatión de los Pingüinos

 

À entrada da reserva encontra-se um museu, que introduz os visitantes aos hábitos de vida destas simpáticas aves, esforços na conservação da espécie, e à fauna e flora desta região da Patagónia.

 

A arquitectura do centro de interpetação está muito bem conseguida. Perfeitamente integrada na paisagem árida e quase despida de vegetação, ao mesmo tempo que consegue ter uma identidade própria e marcante.

 

IMG_5678.jpg

IMG_5681.jpg

IMG_5682.jpg

IMG_5685.jpg

IMG_5707.jpg

IMG_5719.jpg

IMG_5726.jpg

IMG_5687.jpg

IMG_5705.jpg

 

Passear com os pinguins

 

Saindo do museu, entra-se na reserva propriamente dita, num percurso até ao mar. Pelo caminho, vemos os pinguins no seu dia a dia. A dormir, a comer, e a entrar no mar em busca de comida.

 

Uma surpresa para mim, foi que os pinguins fazem tocas, pouco fundas, onde preparam os ninhos durante a época de reprodução, para mais tarde aí porem os seus ovos. A viagem foi em Outubro, e alguns dos ninhos já tinham ovos. Pena que as crias só tenham começado a nascer um pouco mais tarde. Mas vi uma baleia bebé no dia seguinte, por isso nem tudo foi azar, no que toca a bebés, nesta viagem .

 

Outra coisa que aprendi sobre pinguins - são animais que lidam muito bem com a fama. Estão-se completamente a borrifar para o entusiasmo das pessoas à sua volta. Objectivas não os intimidam, nem que estejam a poucos centímetros de distância. Continuam na sua vida. Que assim à primeira vista, até nem parece muito atarefada, diga-se. 

 

Mais uma experiência única, numa viagem que foi memorável quase todos os dias!

 

IMG_5740.jpg

IMG_3335.jpg

IMG_3336.jpg

IMG_5728.jpg

IMG_5731.jpg

IMG_3299 (1).jpg

IMG_3282.jpg

IMG_3294.jpg

IMG_3303-Edit.jpg

IMG_3288.jpg

IMG_3331.jpg

IMG_3298.jpg

IMG_3308.jpg

IMG_5738.jpg

IMG_3322-Edit (1).jpg

 

 Posts anteriores:

 

Buenos Aires - A Cidade

Buenos Aires - Ao Ritmo do Tango

Buenos Aires - Arte Urbana

Buenos Aires - Cultura

Buenos Aires - Caminito

Buenos Aires - La Bombonera

Buenos Aires - Jardim Japonês

 

El Calafate - A Cidade

El Calafate - Bicicletas e o Bar de Gelo

 

Glaciar Perito Moreno - Começa a Aventura

Glaciar Perito Moreno - A Caminhada no Glaciar

Glaciar Perito Moreno - O Miradouro

 

El Chaltén - A Cidade

El Chaltén - A Cascata Chorrillo del Salto

El Chaltén - Os Miradouros e a Ex-Objectiva

El Chaltén - Fitz Roy, Um Início Tranquilo

El Chaltén - As Marteladas nos Pés

El Chaltén - Uma Questão de Escala

 

 

Podem seguir as minhas fotos no Instagram, no Facebook ou subscrever os post por email, no fundo da página.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.